Licenciamento de Software e contratação por Subscrição

O licenciamento de software é uma parte importante da estratégia de gerenciamento de tecnologia da informação de uma empresa e ajuda a garantir que a empresa esteja em conformidade com as leis e regulamentações, proteja sua propriedade intelectual, receba suporte técnico e atualizações regulares e controle os custos. O licenciamento de software é importante para as empresas por várias razões:

  1. Legalidade: o uso de software não licenciado é ilegal e pode levar a processos judiciais, multas e danos à reputação da empresa.
  2. Proteção de propriedade intelectual: o licenciamento de software protege a propriedade intelectual do desenvolvedor e garante que a empresa está usando o software de acordo com os termos do contrato.
  3. Atualizações e suporte: muitos licenciamentos de software incluem atualizações e suporte técnico, o que ajuda a garantir que o software esteja sempre atualizado e funcionando corretamente.
  4. Flexibilidade: diferentes licenciamentos de software oferecem opções para atender às necessidades específicas da empresa, como licenças de usuário único, licenças de volume ou licenças de assinatura.
  5. Controle de custos: o licenciamento de software pode ajudar a controlar os custos da empresa, pois permite que a empresa planeje e gerencie os gastos com software de acordo com o orçamento disponível.

Como escolher o melhor tipo de licenciamento de software?

Escolher o melhor tipo de licenciamento de software depende das necessidades e do perfil da empresa em relação ao software que será utilizado. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a escolher o tipo de licenciamento mais adequado para a sua empresa:

  1. Avalie as necessidades de sua empresa: Comece avaliando as necessidades de sua empresa e identificando os recursos necessários para o software que você pretende adquirir. Isso ajudará a determinar qual tipo de licença melhor se adapta às suas necessidades.
  2. Considere o tamanho e o orçamento da sua empresa: O tamanho e o orçamento da empresa também devem ser levados em consideração ao escolher o tipo de licenciamento. Algumas opções de licenciamento são mais adequadas para empresas menores, enquanto outras são mais adequadas para empresas maiores com orçamentos maiores.
  3. Analise as opções de licenciamento disponíveis: Existem diferentes opções de licenciamento disponíveis, como licenças perpétuas, licenças de assinatura, licenças baseadas em uso e licenças de volume. Cada opção tem seus próprios prós e contras, e é importante avaliar cuidadosamente cada uma delas antes de tomar uma decisão.
  4. Considere as atualizações e suporte: Verifique se o tipo de licença escolhido oferece atualizações e suporte técnico, e se esses serviços estão incluídos no preço da licença ou se há custos adicionais. Esses serviços podem ser essenciais para manter o software atualizado e em funcionamento.
  5. Leia e entenda os termos do contrato de licença: Antes de adquirir uma licença, é importante ler e entender os termos do contrato de licença. Certifique-se de que o contrato atenda às suas necessidades e que você entende os direitos e obrigações que você e o fornecedor do software possuem.

Em resumo, a escolha do tipo de licenciamento de software depende das necessidades, tamanho e orçamento da empresa. É importante avaliar cuidadosamente as opções disponíveis e ler e entender os termos do contrato de licença antes de tomar uma decisão.

Como funciona o licenciamento de software por assinatura?

O software por assinatura ou subscrição é um modelo de negócios em que os usuários pagam uma taxa recorrente para acessar um software em vez de comprar uma licença permanente para usá-lo. Esse modelo é às vezes chamado de “software como serviço” ou “SaaS”.

Em vez de comprar uma licença para o software, o usuário paga uma taxa mensal ou annual para usar o software, e o desenvolvedor fornece o acesso ao software por meio da nuvem ou por download. O usuário pode acessar o software em qualquer dispositivo conectado à internet, geralmente por meio de uma interface web.

Algumas das principais vantagens do modelo de assinatura de software incluem:

  • Custos reduzidos: o modelo de assinatura pode ser mais acessível para empresas ou indivíduos que não têm recursos para comprar licenças de software caras.
  • Atualizações automáticas: os desenvolvedores geralmente oferecem atualizações automáticas para o software, o que significa que os usuários sempre terão acesso à versão mais recente
  • Flexibilidade: os usuários podem escolher planos de assinatura que atendam às suas necessidades, como planos que oferecem recursos adicionais ou suporte técnico.
  • Escalabilidade: os usuários podem aumentar ou diminuir o número de assinaturas de software de acordo com as necessidades de sua empresa, o que ajuda a manter os custos sob controle.
  • Acesso em qualquer lugar: os usuários podem acessar o software em qualquer dispositivo conectado à internet, o que permite maior flexibilidade em termos de onde e quando o software é usado.

Em resumo, o modelo de assinatura de software oferece vantagens em termos de custo, flexibilidade, escalabilidade e acesso em qualquer lugar, o que o torna uma opção atraente para muitas empresas e indivíduos.

A empresa que terceiriza o desenvolvimento de software também pode se beneficiar da experiência da equipe do fornecedor de TI, cujos membros são certificados e sabem lidar com problemas que possam ocorrer durante os processos de desenvolvimento e implementação. Dessa forma, os gestores e seu time interno podem desempenhar papeis mais estratégicos e focar na expansão e na evolução dos negócios.

Conheça o Intera!

A TOTVS oferece um modelo de contratação por assinatura chamado TOTVS Intera. O TOTVS Intera é um sistema de gestão empresarial (ERP) que pode ser contratado como um serviço de assinatura mensal.

Os modelos de contratação por assinatura, variam de acordo com o software e os recursos desejados. Em geral, o modelo de contratação por assinatura da TOTVS funciona da seguinte forma:

  1. Escolha do software: O primeiro passo é escolher o software TOTVS que melhor atenda às necessidades de sua empresa. A TOTVS oferece uma ampla gama de soluções empresariais, incluindo ERP, CRM, HCM, entre outros.
  2. Definição dos recursos: Após escolher o software, você pode escolher os recursos que deseja contratar. Isso inclui recursos como número de usuários, módulos, funcionalidades e serviços adicionais, como suporte técnico e atualizações.
  3. Definição do período de contratação: A TOTVS oferece diferentes períodos de contratação, que podem variar de acordo com o software e os recursos escolhidos. Os períodos de contratação podem variar de 12 a 36 meses, dependendo do software e da opção escolhida.
  4. Pagamento: O pagamento pelo software e pelos recursos contratados é realizado mensalmente, ao longo do período de contratação. O valor da assinatura inclui o software, os recursos selecionados e os serviços adicionais, como suporte técnico e atualizações.
  5. Acesso ao software: Após a contratação, você terá acesso ao software e aos recursos escolhidos, que poderão ser utilizados pelos usuários autorizados de sua empresa. A TOTVS também oferece treinamento e suporte técnico para garantir que você esteja aproveitando ao máximo seu software.
  6. Renovação: Ao final do período de contratação, você pode renovar sua assinatura ou cancelar, dependendo das suas necessidades. A renovação permite que você continue a utilizar o software e os recursos escolhidos, enquanto o cancelamento encerra o acesso ao software e aos recursos contratados.

O modelo de contratação por assinatura da TOTVS oferece várias vantagens, como menor investimento inicial, atualizações contínuas do sistema e suporte técnico. Além disso, a empresa pode escolher o pacote que melhor atenda às suas necessidades e pagar apenas pelos recursos e funcionalidades que utiliza.

Quer saber mais sobre o modelo de subscrição da TOTVS? Entre em contato conosco!

Posts relacionados

lgpd no futuro
LGPD

O que esperar da LGPD no futuro?

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) tem impactado significativamente a forma como empresas e organizações coletam, armazenam, usam e compartilham dados pessoais